Mármore e Granito entenda as diferenças e quando usar cada um

Quando estamos em uma reforma uma das principais preocupações está em qual tipo de material investir para decorar ou utilizar em determinadas áreas da casa.

Ser bastante atencioso no momento de realizar a escolha é essencial, pois sempre existem aqueles matérias que possuem um nível de duração ou resistência muito maior que outros, e dessa forma, fica mais fácil verificar qual é mais vantajoso e tomar uma boa decisão.

Uma dúvida que as pessoas costumam ter com frequência é em relação ao granito e o Mármore.

Afinal, esses dois tipos de matérias diferentes, possuem uma forma adequada para serem utilizados e assim evitar sua deterioração.

Ao longo do artigo você poderá conferir as principais diferenças entre mármore e granito e verificar qual dos dois podem ser mais vantajosos ou se encaixar melhor naquilo que você procura.

mármore

mármore

Qual a diferença entre Mármore e Granito?

O granito se trata de uma rocha natural que é composta por até três minerais, são eles: mica, quartzo e feldspato.

São estes minerais os principais responsáveis pela durabilidade, resistência e beleza que os granitos possuem.

Como os granitos possuem o que é chamado de “Dureza Mohz”, ele não é riscado com facilidade, o que pode ser visto como uma excelente vantagem para este produto.

Esta vantagem permite com que seja possível identificar quando uma peça é feita de granito ou mármore, já que com o auxílio de uma faca se você riscar o granito o material não ficará riscado, o que não acontece quando se trata do mármore, onde a marca ficaria em evidência.

Além disso, este tipo de material apresenta muita pouca porosidade, ou seja, o granito não absorve muita água, além de não manchar.

No entanto, se você faz questão por um tipo de material com menos porosidade, é importante salientar que algumas cores dos granitos absorvem menos ou mais água.

Há vários tipos de granitos existentes e nas mais variadas tonalidades, como rosa, cinza, amarelo, branco, bege e café.

Eles são recomendados para o uso em áreas externas ou internas, o que é uma grande vantagem deste tipo de material.

Também é interessante para ser aplicado em bancadas.

Mármore

Diferente do granito, o Mármore se trata de um material bem menos resistente, além de apresentar mais porosidade.

Isso significa que se você optar pelo mármore, terá que ter um cuidado ainda mais reforçado com o mesmo.

Já que pelo fato dele ter mais porosidade, ele está muito muito mais sujeito a absorção de gorduras e de criar manchas.

No entanto, hoje em dia já existe no mercado alguns produtos que contém impermeabilizantes que tornam o uso do mármore em locais úmidos ou onde há uma grande presença de água, como banheiros ou cozinha, algo totalmente possível.

Esses produtos irão garantir que o mármore possua uma resistência maior em relação a absorção de gorduras ou líquidos, além de possíveis riscos.

Além disso, os Mármore custam um valor mais elevado, comparado aos granitos.

O preço mais alto do Mármore comparado ao granito ocorre devido ao fato de haver uma maior transportação de granito para o Brasil, enquanto a transportação de Mármore é incomparavelmente menor.

O Mármore é na maioria das vezes recomendado para ser utilizado como um revestimento de paredes, já que em comparação com os granitos, ele é um material muito mais leve.

O mármore se trata de uma rocha vinda do calcário, possui diversos tons que variam conforme os minérios existentes no mesmo.

A coloração predominante do mármore pode ser de diversos tons, como acinzentado, branco ou até mesmo esverdeados.

Há uma grande variedade de opções para escolher no mercado.

Se você tem dúvida sobre onde utilizar o mármore, normalmente ele é indicado para diversos locais, que vão desde casas a escritórios, também muito presente em empresas.

Existem vários tipos de mármores que podem ser ideias para ser utilizados em paredes ou bancadas, como é o caso do Mármore do tipo Nero Marquinho.

Mármore e Granito – Preço

O preço do mármore e granito varia muito, como o tipo de material é diferente, vamos falar sobre cada um de forma separada.

O granito sofre variação em seu preço principalmente de acordo com o seu grau de raridade.

Seguindo essa seguinte lógica, quanto mais raro for a peça mais caro também será o seu valor.

Em geral, os que mais pesam no orçamento são os granitos brancos ou pretos, que por sua vez, tendem a custar mais caro.

Já os mais baratos, são os de tonalidade cinza.

Os mais caros também são aqueles conhecidos como os mais exóticos, como é o caso do Yellow, Green Bamboo, entre outros.

Os mármores costumam possuir um preço médio que pode variar muito peça seu orçamento hoje mesmo.

Mas isso depende muito do mármore.

O mármore mais caro geralmente são os brancos que possuem alguns pigmentos acinzentados.

Granito e Mármore – Como limpar

Após a escolha de um dos dois tipos de materiais já terem sido aplicados no ambiente, uma hora ou outra você irá precisar realizar a manutenção.

Servindo para qualquer um dos dois materiais, basta utilizar um paninho úmido para conseguir realizar a limpeza. Um detergente neutro pode ajudá-lo se houver muita sujeira.

É importante evitar a utilização de alguns produtos que podem prejudicar o material, como é o caso dos corrosivos e água sanitária.

Jamais utilize qualquer desses dois produtos para limpar seu mármore ou granito.

Para quem decidiu ficar com o mármore é muito importante ser cuidado com alguns tipos de líquidos, como vinho, óleo e refrigerantes.

Seguindo essas orientações acima você consegue não só manter a limpeza adequada do material, como também preservá-lo por mais tempo.

Conclusão

Entender as diferenças entre Mármore e Granito é muito simples e essenciais se você está pensado em utilizar um desses dois tipos de materiais.

Para escolher entre o Mármore e o Granito é necessário não só apenas levar em consideração a aparência, como também as suas vantagens e preço para ter a certeza de qual irá compensar mais para você não só agora, como também no futuro.

É preciso verificar se o item será utilizado para a área interna ou externa da casa e onde você pretende aplica-lo.